ALIMENTAÇÃO ENERGIZANTE – Energia produtiva e equilibrada para o seu dia a dia

ALIMENTAÇÃO ENERGIZANTE – Energia produtiva e equilibrada para o seu dia a dia
Alimentacao Revista Semeá

Porque muitas pessoas se sentem fracas ou com a energia baixa? O esgotamento, tanto físico como mental ou emocional, traz como resultado a queda do nível de energia do nosso organismo. Essa baixa de energia atrapalha no funcionamento de nossos órgãos, especialmente, das células encarregadas na eliminação de substâncias tóxicas. Assim, nosso corpo vai ficando com uma performance cada vez mas baixa dando lugar a aparição de sintomas como: cansaço crônico, irritabilidade, indisposição, mau humor, etc.

 

Mas não é só a falta de descanso e o estresse que geram estes sintomas. Podemos dormir o suficiente e ter uma vida tranquila e ainda sentir que nossa energia está lá no chão. Provavelmente, isto se deve a falta de algum, ou de vários dos nutrientes essenciais que nosso organismo precisa para funcionar corretamente.

Os principais nutrientes que aportam energia a nosso organismo são os carboidratos e as gorduras. Mas não é qualquer tipo de carboidrato ou de gordura que vai nos aportar energia saudável.

Os chamados carboidratos complexos – que possuem carboidratos combinados com fibras, vitaminas e minerais- são os que dão energia equilibrada ao nosso corpo. Alguns exemplos são: cereais integrais (arroz, quinoa, milho, etc.), raízes (mandioca, inhame, batata doce, cenoura, etc.), frutas (banana, mamão, melancia, etc.).

As gorduras saudáveis tem origem nos vegetais como: abacate, castanhas de todo tipo (baru, pará, caju, nozes, amêndoas, amendoim, etc.) e óleos principalmente prensados à frio (coco, oliva, linhaça, chia, etc.).

Também existem plantas que têm propriedades energizantes. Alguns exemplos são: cacau, açaí, guaraná, chá verde, ginseng, etc.

Tão importante como incluir no cardápio esses alimentos, é nos lembrar que o principal elemento energizante que temos a disposição, e ainda de graça, é o oxigênio. Muitas vezes uma respiração inconsciente e superficial impede o aproveitamento dos nutrientes que consumimos. A explicação para isso é muito simples: nossa energia disponível (ATP) vem da combustão da glicose com o oxigênio.

Além de nossa alimentação, é fundamental lembrar que temos um corpo que precisa se movimentar para estar em equilíbrio, e o exercício físico é vital para gerar a energia construtiva em abundância, que nos permite realizar nossas atividades diárias com disposição e prazer.

Também o estilo de vida que adotamos é um fator determinante no balanço de nossa energia. Às vezes, sem nem sequer perceber, gastamos muita energia para manter uma vida cada vez mais antinatural sem considerar a importância de levar uma vida mais simples e em contato com os elementos da natureza. Assim, quem vive embutido no desequilíbrio constante que geram as grandes cidades, correndo para resolver muitas coisas ao mesmo tempo dentro de um ambiente estressante, a curto ou longo prazo, vai sentir-se cada vez mais esgotado e sem energia.

Podemos concluir lembrando que é impossível recuperar ou otimizar nossa saúde, sem nos reconectar com nossa essência, com nossa própria natureza.

Dr. Esteban Andrejuk
Health & Life Coaching
MÉTODO NATURAL I.D.E.A.L